Lazaro

Após troca de tiros, Lázaro é morto em Goiás por policiais do DF

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes.

 

Após o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, informar que Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi preso, a Polícia Civil do estado confirmou que, após uma troca de tiros, o fugitivo morreu nesta segunda-feira 28 ao não resistir aos ferimentos.

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo era procurado por uma série de crimes e foi capturado em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF.

“Ta aí, minha gente, como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”, escreveu o governador em uma rede social.

Lázaro também é acusado pela morte de quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe um comentário