Foragido

Confira a lista de mandados cumpridos pela Polícia Civil; empresário está foragido

Em sua residência, a polícia encontrou R$ 500 mil.

 

O dono da empresa E-Graphic Design Eletrônico, que estaria envolvida em um suposto esquema de direcionamento na licitação da compra de equipamentos e softwares para a Polícia Militar de Rondônia, Álvaro Ederich Júnior está sendo considerado foragido, depois que a polícia não conseguiu localiza-lo em seu endereço, na cidade de Canoas (RS).

Em sua residência, a polícia encontrou R$ 500 mil.

Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências dos policiais militares Daniel Fernando Bostellmann, Valdinei Souza Oliveira e Douglas Marink de Miranda.

Foi expedido mandado de prisão preventiva contra o major PM Marcelo Duarte.

De acordo com a polícia civil, eles teriam agido em conluio para direcionar a licitação de compra de equipamentos e tecnologia para a Polícia Militar.


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe um comentário