Derrota

A derrota do irmão de Marcos Rogério em Ji-Paraná diz muito sobre a influência do senador na política regional

Weslei Brito, do DEM, ficou na suplência com apenas 597 votos

Publicado em 18 de novembro de 2020 0

Em Ji-Paraná a derrota do irmão de Marcos Rogério, do DEM, diz muito sobre a influência política do senador nas eleições regionais.

O também demista Weslei Brito acabou ficando na suplência da Câmara Municipal ao alcançar apenas 1,02% dos votos válidos, um total de 597 votos.

Rogério, vice-líder do governo Jair Bolsonaro, sem partido, na Câmara Alta, não conseguiu transmitir a popularidade que imagina ter para alçar o familiar à titularidade na política do segundo maior município do estado.

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia