ALE/RO
ALE/RO
Obrigatório

Bloqueio do CPF para quem recusar vacina em João Pessoa passa a valer a partir desta sexta

A medida para evitar o chamado ‘sommelier de vacina’ será adotada a partir desta sexta-feira (8).

Publicado em 8 de julho de 2021

Bloqueio do CPF para quem recusar vacina em João Pessoa passa a valer a partir desta sexta

Quem agendar a vacinação contra covid-19 e se recusar a tomar a vacina devido à marca vai ter o CPF bloqueado no aplicativo por até 60 dias, em João Pessoa. A medida para evitar o chamado ‘sommelier de vacina’ será adotada a partir desta sexta-feira (8), quando chegarão à capital imunizantes da Coronavac e Pfizer para aplicação da primeira dose.

O secretário de saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, na manhã desta quinta-feira (8), disse o bloqueio será inicialmente por 30 dias. Se a pessoa apresentar alguma justificativa, como um atestado médico (anexado ao aplicativo), por exemplo, ela poderá reagendar. Mas, se faltar novamente, terá o CPF bloqueado por mais 30 dias. A justificativa poderá ser feita no próprio aplicativo da vacina.

“Serão 60 dias sem poder se vacinar. Não é uma punição, mas apenas para ser justo com quem quer vacinar”, pontuou Fábio Rocha.

A expectativa do secretário é de que a nova estratégia seja adotada já no agendamento desta sexta-feira, em especial por ser destinada à Coronavac, uma das que tem sido rejeitadas pela população.

“Quem agendar e não comparecer vai cair. Mas se você não quiser nem agende. Ela funciona, tem eficácia e são muitos estudos que comprovam isso. Escolher vacina no momento como esse é querer fazer roleta russa, fazer graça com coisa séria”, comentou.

Fonte: PolíticaJP

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia