Porto Velho

Câmara Municipal aprova gratificação a engenheiros e arquitetos da Prefeitura

O projeto, de autoria do Executivo Municipal, estabelece a Gratificação de Responsabilidade Técnica e de Produtividade (GRT) com metas e indicadores específicos para os detentores do benefício.

Publicado em 2 de junho de 2021 0

Projeto faz parte do processo de reestruturação administrativa implementada pela Prefeitura

Vereadores discutiram e aprovaram projeto por ampla maioria A Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei Complementar n. 1.167, de 2021, em primeira e segunda votação, nesta terça-feira (1). A proposta prevê uma nova forma de gratificação a engenheiros e arquitetos lotados nas secretarias municipais.

O projeto, de autoria do Executivo Municipal, estabelece a Gratificação de Responsabilidade Técnica e de Produtividade (GRT) com metas e indicadores específicos para os detentores do benefício.

O projeto, de autoria do Executivo Municipal, acrescenta novos dispositivos à Lei Complementar n. 580, de 30 de novembro de 2015, passando a estabelecer indicadores e metas, além de mecanismos que possibilitem acompanhar o desempenho dos engenheiros e arquitetos da Prefeitura.

Secretário-geral detalha objetivo do projeto

A proposta contempla servidores de nove secretarias municipais e cria uma pontuação máxima a ser atribuída a cada servidor, no limite máximo de 1.400 pontos, calculados através de boletins de registro de produção. São considerados, neste “item”, critérios como assiduidade, pontualidade, disciplina, produtividade, cooperação e urbanidade.

Segundo o secretário-geral de Governo, Fabrício Jurado, a proposta busca alcançar maior produtividade e manter os direitos já previstos à categoria.

“Nenhum ganho legal será retirado dos atuais servidores. A Prefeitura apenas busca redefinir a gratificação, estabelecendo critérios objetivos que possibilitem aferir a produtividade do servidor”, explica o secretário.

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia