ALE/RO
ALE/RO
Porto Velho

Casal teve caminhonete roubada e foram abandonados amarrados em mata na BR 319 na capital

O bando pode fazer parte de uma quadrilha especializada em roubos de caminhonetes onde trabalha com os mesmos modos operantes.

Publicado em 30 de julho de 2021

Casal teve caminhonete roubada e foram abandonados amarrados em mata na BR 319 na capital

Um casal de empresário passaram momentos de terror na madrugada de segunda-feira (26), nas mãos de bandidos que invadiram a casa das vítimas localizada em um condomínio às margens esquerda da Estrada da Penal na zona norte de Porto Velho. Onde renderam as vítimas sendo amordaças e ficaram na mira de armas de fogo.

 

Na sequência os criminosos saíram do local levando as vítimas até o KM 13 da BR 319 onde foram deixadas amarradas em uma área de mata. E em seguida deixaram dois bandidos no local cuidando das vítimas e outros dois seguiram na caminhonete modelo S10 branca, sentido a cidade de Guajará-Mirim, porém, no município de Nova Mamoré.

 

Os criminosos foram identificados como Eduardo Henrique Tavares Gonzales, 18 anos e Rodrigo Justino de Oliveira, 21 anos, foram abordados e presos e informaram para os policiais sobre o roubo seguido de sequestro sendo fundamental para que os policiais da capital pudessem resgatar do cativeiro as vítimas que estavam muito assustadas.

 

Os policiais foram até outra linha onde o rastreador da caminhonete acusava que ela teria efetuado uma parada onde puderam localizar produtos que foram roubadas da casa dos empresários sendo uma TV, um forno, micro-ondas e outros objetos.

 

Durante diligências os policiais se deslocaram até uma vila de apartamentos na Rua Gerônimo Santana no bairro Cohab zona sul da cidade. Onde puderam fazer a apreensão de uma moto que era usada para fazer roubos que pertence a um dos presos e dentro do ao foi achado um tanque de moto e parte de um motor que a polícia acredita que seja de motos roubadas.

 

Os presos foram levados para a delegacia e depois seriam recambiados para Porto Velho para serem apresentados na central de flagrantes e outros três suspeitos já estão sendo investigados. E agora é questão de tempo para serem presos, pois, trata-se de uma quadrilha especializada em roubos de caminhonete com os mesmos modos operantes.

 

Fonte: Deixaeutefalar com informações Hora1rondônia

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia