Geral

Compostagem para horta caseira dá outro destino às folhagens e evita queimadas urbanas na capital

Estratégia foi adotada e executada pelo Departamento de Educação Ambiental do município.

 

Desde o início do atual verão amazônico, a Prefeitura de Porto Velho implementa diversas campanhas de conscientização contra as queimadas urbanas e rurais no município. Após promover a separação do lixo e técnicas de compostagem, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) começa a desenvolver hortas caseiras junto aos estudantes e à comunidade local.

Os trabalhos são executados por equipes do Departamento de Educação Ambiental, da Sema. A etapa, que começará no dia 20 deste mês em escolas públicas da capital, faz parte do projeto Guardiões do Meio Ambiente, conforme explica a diretora do departamento, Joana Aurélia.

“Hoje nós temos cerca de dez escolas parceiras do projeto. A estratégia foi orientar que os alunos levem restos das folhas às escolas. Lá já temos composteiras, onde os estudantes acabam misturando as folhas com os restos de alimentos. Agora, essa compostagem vai ser utilizada em hortas caseiras para cultivar alimentos frescos”, explica.

A destinação das folhas não é por acaso. Já há algum tempo, a Prefeitura vem buscando corrigir uma prática ainda comum, mas danosa ao meio ambiente, na qual moradores ainda costumam utilizar a queima das folhas como forma de limpeza de quintais, em suma, em bairros periféricos da capital e propriedades rurais.

Neste ano, a Prefeitura intitulou a campanha de conscientização como “A Queimada que Você Faz Apaga Vidas”. O nome faz alusão às graves consequências que a prática traz, principalmente à saúde da população. O clima seco, associado à fumaça, tende a agravar problemas respiratórios e contribuir para o aumento do fluxo de pacientes em unidades de saúde.

Texto: Pedro Bentes
Foto: Ricardo Farias/ Felipe Ribeiro


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe um comentário