Clima

COP-27 começa com discurso de emergência climática: ‘Quantos alertas os líderes ainda precisam?’

Tônica da abertura também foi de celebração de avanços graças à reunião anterior, a COP-26

 

A Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas teve início neste domingo, 6, no Egito, com um discurso destacando a emergência climática. A palestra foi comemorar as conquistas da recente reunião da COP-26 em Glasgow, na Escócia, mas entender que o desafio está à frente e não estamos no caminho certo para manter o aquecimento global acima de 1,5°C. nível pré-industrial. “De quantos avisos os líderes ainda precisam?” foi o tema principal da palestra.

Conforme demonstrado pelo Estadão, espera-se que a COP-27 seja a COP da justiça climática e da implementação de acordos: um momento de troca de discursos para ação. Mas especialistas apontam que esta deve ser uma conferência onde o financiamento para as consequências da Guerra na Ucrânia e a adaptação e mitigação do aquecimento global nos países em desenvolvimento está bloqueado.

A Guerra da Ucrânia e suas consequências, como a crise energética na Europa e a progressão da insegurança alimentar e da inflação, dominaram seu discurso principal. Autoridades reconheceram em conversas que o conflito está exacerbando as vulnerabilidades climáticas existentes e os efeitos da pandemia.


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe um comentário