ALE/RO
ALE/RO
Estupro Coletivo

Escândalo na Itália: cinco jogadores de futebol foram acusados ​​de estuprar uma jovem

O futebol italiano ficou chocado com a acusação contra quatro jogadores de estuprar uma garota de 20 anos no início do ano passado. Justiça analisa se deve abrir um julgamento a este respeito.

Publicado em 24 de abril de 2021

Escândalo na Itália: cinco jogadores de futebol foram acusados ​​de estuprar uma jovem

Cinco jogadores do Virtus Verona, clube que joga na Série C italiana (terceira divisão), foram acusados ​​de estuprar uma menina de 20 anos em janeiro de 2020 e a Justiça decidirá, após a audiência preliminar, se abre um julgamento com acusação de violência sexual em grupo.

A garota, uma estudante universitária, acusou os cinco jogadores de obrigá-la a beber muito álcool e de estuprá-la coletivamente depois que ela enlouqueceu, informou a mídia italiana neste sábado.

“No que diz respeito às notícias da imprensa, o clube Sociedad Virtusvecomp Verona quer voluntariamente limitar-se a sublinhar ser algo privado, que ocorreu fora do contexto desportivo, pelo qual a justiça investiga”, afirmou o time em comunicado divulgado. Por redes sociais.

“A Virtusvecomp Verona mostrou imediatamente sensibilidade e atenção, limitando-se em simultâneo, às suas funções e dando a máxima confiança à justiça, considerada a única qualificada para julgar”, acrescentou.

O clube, que não está envolvido administrativamente no ocorrido, também informou que vai defender sua imagem com todas as medidas judiciais necessárias.

De acordo com a menina, quatro jogadores de futebol do Virtus Verona a estupraram em um grupo, enquanto o quinto gravou os eventos com um telefone celular.

Os jogadores negam as acusações garantindo que a relação sexual foi acertada com a garota, segundo a mídia italiana.

A próxima audiência preliminar será em cerca de duas semanas e as autoridades irão analisar os vídeos gravados pelos jogadores de futebol.

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia