Por Valdemir Caldas

Existe o direito de roubar? Pela Lei de Deus, roubar é pecado.

Pela Lei de Deus, roubar é pecado. Não roubarás, ensina o mandamento. Pela lei dos homens, roubar é crime. Quando essa gente vai compreender que a sociedade não é composta apenas de energúmenos?

Publicado em 16 de março de 2021 0

O petrolão entrou para a história como um dos maiores (senão o maior) esquema de corrupção do mundo. Investigações revelam que bilhões de reais foram surrupiados da nação brasileira por meio de contratos superfaturados. Acossadas pela Justiça, empresas envolvidas no esquema fizeram acordos de leniência (espécie de delação), possibilitando, assim, que parte significativa do dinheiro roubado retornasse aos cofres públicos. Apesar de tudo isso, ainda tem gente acha que a roubalheira simplesmente não existiu.

Ledo engano. Tanto existiu, que o cidadão que planejou, comandou e foi o principal beneficiário do esquema, acabou condenado em primeira, segunda e terceira instâncias, puxando uma curta temporada de cana. A história europeia está repleta de exemplos de autoridades públicas e políticos que, uma vez apanhados com as mãos sujas na cumbuca do erário, não pensaram duas vezes em meter uma bala na cabeça. Eles preferiram tirar a própria vida a ter que enfrentar a execração pública.

No Brasil do jeitinho, da malandragem e da força da grana, condenados pela Justiça circulam normalmente pelas ruas em carrões e frequentando ambientes de luxo, na maior cara de pau, como se fossem cidadãos honestos, torrando a grana que surrupiaram da sociedade, mesmo sabendo que todo mundo viu, ouviu e acompanhou tudo. Querem convencer desavisados de que existe o direito de roubar. Mas não existe! Pela Lei de Deus, roubar é pecado. Não roubarás, ensina o mandamento. Pela lei dos homens, roubar é crime. Quando essa gente vai compreender que a sociedade não é composta apenas de energúmenos?

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia