Por Rosinaldo Pires

Marcos Rogério do DEM dificilmente perde o governo de Rondônia, uma vez que sua aproximação ao Presidente Jair Bolsonaro é maior

Marcos Rocha continua com um discurso sincrético religioso, e talvez tenha esquecido de ler o livro a Arte da Guerra do autor Sun Tzu, um general, estrategista de guerra e filósofo chinês.

Publicado em 8 de abril de 2021 0

Marcos Rogério do DEM dificilmente perde o governo de Rondônia, uma vez que sua aproximação ao Presidente Jair Bolsonaro é maior

A política tem disso, uma hora você está em cima, outra hora você está em baixo, neste campo não há segurança para continuar no poder. Não é tão simples, somente à estrutura financeira ou parlamentar não garante o legado, é necessário ser puro-sangue, ter outros atributos que poucos tem. Um destes atributos para políticos que se perpetuam é fidelidade às suas raízes, aos seus princípios originais. Não pode esquecer de onde veio.

 

Marcos Rocha continua com um discurso sincrético religioso, e talvez tenha esquecido de ler o livro a Arte da Guerra do autor Sun Tzu, um general, estrategista de guerra e filósofo chinês.

 

Embora seja vital ter uma vida pública baseada em princípios éticos e honestos para se governar de maneira justa. No caso de Rocha, sua servidão a Deus não deve ser menosprezada, todavia não pode ser exposta como principal bandeira no aspecto político, uma vez que nosso país é laico, e isto pode ser prejudicial.

 

Seu opositor vem ruindo sua suposta influência junto ao Presidente Jair Bolsonaro, apesar de Marcos Rocha insistir ser amigo de Jair. O governo federal pouco tem feito pelo estado de Rondônia, não há grandes investimentos para estas bandas, ou pelo menos não há ampla divulgação. Marcos Rogério que atualmente é senador pelo DEM, vem ganhando evidência nacional na CPI da Covid-19, com objetivo de detectar irregularidades, que provocará possivelmente  o impeachment de Jair Bolsonaro. Rogério é um aliado de primeira hora do presidente, questionando na CPI os argumentos utilizados por seus interrogantes às testemunhas intimadas por esta comissão.

 

Marcos Rocha precisa acordar para à realidade, política não se ganha apenas com discursos espirituais, é necessário ter um planejamento estratégico padrão ISO9001, com eficiência e constância, a sorte do primeiro mandato, dessa vez não haverá. A onda não se repete duas vezes. E com todo respeito, pois muitos de meus amigos estão nesta gestão, é necessário se antecipar, estar à frente de seus algozes, com dinâmica, agilidade e perspicácia; estes adjetivos sua equipe deve possuir, senão buscar ajuda e perícia de quem tem.

 

É incrível como na Região Norte os números são a favor de Jair Bolsonaro, pensando nisto, muitos estão preparando-se para disputa em 2022, e infelizmente este jogo não aceita amadores.

 

Rosinaldo Pires é Contabilista, Jornalista, Programador, Administrador de Rede Linux e Windows.

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia