Por Rosinaldo Pires

Modus Operandi de uma organização que resiste as crises

Em apenas 15 minutos voltamos a desejar aplicar os princípios da boa administração

Publicado em 28 de abril de 2021 0

Modus Operandi de uma organização que resiste as crises

É fato que as técnicas de administração são essenciais para qualquer gestor, sem elas é praticamente impossível ter bons resultados. Para quem administra, ter um bom plano de negócio, pode definir o futuro de sua organização.

Os métodos sem à devida aplicação prática, não funciona

Para que o êxito ocorra é necessário ânimo, desejo, motivação, energia, vibração, e sobretudo união.

Podemos enumerar algumas técnicas, como: gerenciamento democrático, meritocrático, nos processos, autoritária, por cadeia de valor, foco em processos, e por final foco em resultados. Estes modelos são capazes de definir um padrão para uma forma de gerenciamento, mas como disse no início, deve ser analisado com cuidado, conforme a equipe. Um erro pode ser desastroso. O modelo autoritário é ultrapassado, apesar de algumas instituições e empresas ainda utilizarem.

Num grupo onde seus integrantes estejam com feridas expostas, não existe método que possa ser implementado, sem antes haver o resgate de alguns princípios elementares, como:

1 – auto-estima deve ser resgatada; dá o devido valor, reconhecimento;

2 – resgatar à confiança de seus colaboradores, ou pelo menos tentar;

3 – identificar pontos fracos e fortes para potencializar ou restaurar;

4 – criar mecanismos, baseado na inteligência emocional;

5 – treinar, esmerilar e transmitir conhecimento aos mais frágeis através de troca de experiências para estimular o crescimento. E muitos outros pontos que devem ser analisados.

Hoje conheci um amigo que em apenas 15 minutos estimulou o desejo de voltar a praticar os princípios da boa administração.

Rosinaldo Pires – Jornalista DRT/RO 0001905

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia