Protesto

Motoristas de aplicativo do DF protestam por segurança depois de duas mortes no fim de semana

Motoristas de aplicativos do Distrito Federal saíram em carreata na tarde desta segunda-feira para protestar contra a morte de dois condutores que foram assassinados no final de semana enquanto realizavam corridas.   Com a mensagem “Luto” estampada nos vidros traseiros, os motoristas aproveitaram para cobrar mais segurança aos trabalhadores da classe.   Nesse domingo, um…

 

Motoristas de aplicativos do Distrito Federal saíram em carreata na tarde desta segunda-feira para protestar contra a morte de dois condutores que foram assassinados no final de semana enquanto realizavam corridas.

 

Com a mensagem “Luto” estampada nos vidros traseiros, os motoristas aproveitaram para cobrar mais segurança aos trabalhadores da classe.

 

Nesse domingo, um taxista encontrou o corpo de Henrique Fabiano Dias, de 25 anos, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), próximo à Cidade do Automóvel. Seis adolescentes foram apreendidos pela Polícia Militar após serem encontrados com o carro e objetos que pertenciam ao motorista.

 

Já, o corpo de Tiego Cavalcante, de 28 anos, foi encontrado na Área de Desenvolvimento Econômico em Samambaia, na última sexta-feira. Dois suspeitos foram conduzidos à 16ª Delegacia de Polícia por suspeita de envolvimento na morte do motorista.

 

A manifestação de protesto dos motoristas de aplicativo pela morte dos colegas teve concentração no Taguaparque, no Pistão Sul. A carreata seguiu até o cemitério de Taguatinga, onde Henrique foi enterrado.


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe um comentário