Museu do Complexo Madeira-Mamoré já recebeu quase 6.600 visitantes em 21 dias após a inauguração

Visitação é gratuita com agendamento na internet; horário de funcionamento em dias de feriado é das 10h às 16h

 

Espaço histórico do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, o museu recém-inaugurado já recebeu 6.583 visitantes em apenas 21 dias após a reabertura. Durante os primeiros 90 dias, a visitação ao museu está sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur).

O acesso ao museu é gratuito, e os visitantes precisam fazer a reserva diretamente no Sympla e escolher se querem visita com guia de turismo ou não. Caso não tenha vaga disponível para o dia desejado, basta verificar a disponibilidade nas próximas datas e agendar.

A Semdestur reforça que o Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, sob administração da empresa Amazonfort, está aberto de terça-feira a domingo, das 10h às 22h. Já o museu funciona de quarta-feira a domingo, sendo de quarta a sábado das 10h às 18h e no domingo, das 10h às 16h. Em dias de feriado, o horário é das 10h às 16h.

Com relação às visitas guiadas, elas são realizadas em grupos, cada um com no máximo 25 pessoas. Na visita guiada, o guia turístico conduz o grupo pelo museu, contando a história da construção da lendária Estrada de Ferro Madeira-Mamoré e das pessoas que trabalharam na obra.

O museu reúne os pertences e objetos da Ferrovia do Diabo que foi construída no início do século XX. Constitui-se numa das principais atrações históricas de Rondônia, possuindo várias instalações que podem ser visitadas.

Sobre as normativas do local, é totalmente proibido circular no interior do museu sem camisa, descalço, com capacete, bolsas ou sacolas, os objetos devem ser deixados em um local apropriado sem qualquer custo para o visitante, para que na saída sejam retirados. No museu é proibido fumar, entrar portando armas de fogo ou armas brancas, nem consumir qualquer tipo de alimento ou bebida. Fotos e vídeos no interior do Museu são permitidos, desde que não utilizem flash e bastões de selfie.

O Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré está localizado na avenida Farqhuar com Sete de Setembro, Centro de Porto Velho.

Texto: Rando Silva
Foto: Wesley Pontes


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.