Por Valdemir Caldas

O orgulho mata!

O orgulho é perigoso e aquele que se exalta afasta-se de Deus e, quando isso acontece, é o fim, não existe outra saída

Publicado em 27 de agosto de 2022

O orgulho mata!

A Bíblia está repleta de exemplos de pessoas e famílias que tiveram suas vidas destruídas pelo orgulho. Em Provérbios 16:8 encontramos que a soberba precede a destruição e a altivez do espírito precede a queda. Deus resiste os orgulhosos, os soberbos, aqueles que se consideram autossuficientes, que conseguem andar sozinhos, que não reconhecem a misericórdia do Todo-Poderoso, enfim, que não precisam de Deus para nada, mas dá graças aos humildes.

O orgulho é perigoso e aquele que se exalta afasta-se de Deus e, quando isso acontece, é o fim, não existe outra saída. Exemplo disso é Lúcifer, o anjo de luz, protetor, sábio e belo, que pretendeu ocupar o lugar de Deus. Ele foi o primeiro personagem da Bíblia que caiu pelo orgulho, mas há muitas pessoas que se deixaram contaminar pela soberba e tiveram um final trágico.

Naamã, o comandante do exército sírio, que contraiu lepra, era orgulhoso e se jactava dos seus títulos e das suas conquistas. O seu orgulho era pior que a lepra que mutilava seu corpo. Ela achava que o profeta Elizeu deveria ir até ela para curá-lo, porém, depois de curado, viu que não há conexão entre a vontade de Deus e a vontade do homem.

Nabucodonosor é outra figura arrogante da Bíblia. Grande estrategista militar, responsável pela construção dos jardins suspensos e por transformar a Babilônia em uma potência mundial, deixou-se impregnar pelo orgulho e, por causa disso, passou a viver como bicho selvagem, comendo capim com outras feras do campo.

E o que dizer, ainda, da guerra entre efraimitas e gileadistas, registrada no livro dos Juízes, a partir do capítulo 12, que resultou na morte de quarenta e dois mil efraimitas. A carnificina tem suas motivações no orgulho. Isso prova que o orgulho mata.

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia