ALE/RO
ALE/RO
Por Rosinaldo Pires

Políticos de Rondônia estão vivendo um dilema, “Ser ou não ser, eis a questão”

Por mais que a questão pareça complexa, na verdade, é muito simples. Ser ou não ser é exatamente isso: existir ou não existir e, em última instância, viver ou morrer.

Publicado em 25 de junho de 2020

Políticos de Rondônia estão vivendo um dilema, “Ser ou não ser, eis a questão”

Significado da frase “Ser ou não ser, eis a questão”

É a famosa frase dita por Hamlet durante o monólogo da primeira cena do terceiro ato na peça homônima de William Shakespeare. Hamlet está entrando em cena quando começa um monólogo. A frase de abertura do monólogo é “ser ou não ser, eis a questão”. Por mais que a questão pareça complexa, na verdade, é muito simples. Ser ou não ser é exatamente isso: existir ou não existir e, em última instância, viver ou morrer.

 

Campanha Antecipada

Alguns pré-candidatos há tempos vêm fazendo campanha antecipada na “internet” através das redes sociais, o que é ilegal. Segundo o Bacharel em Direito Rodrigo Moreira (servidor do Tribunal Superior Eleitoral, lotado na Escola Judiciária Eleitoral), “… costuma-se enumerar alguns requisitos para caracterizar a propaganda antecipada. Com toda a certeza, somente será antecipada a propaganda divulgada antes do período permitido, esse é o primeiro requisito na tarefa de identificá-la. Além de outros, como: fazer referência ao processo eleitoral, exaltar suas próprias qualidades ou pedir votos. Esses três últimos não precisam ocorrer simultaneamente. Dessa forma, uma divulgação antecipada que apenas exalte as qualidades do pré-candidato, mas que não peça votos, ainda assim será irregular. Com base nesse motivo, conclui-se que o pedido de votos não é essencial, ou seja, não precisa haver pedido de votos para que a propaganda seja considerada ilegal”. Mas fiquem tranquilos, a penalidade é apenas multa que pode variar entre 5 e 25 Mil reais ou equivaler ao custo da propaganda, se este for maior.

 

Escolha precipitada

Alguns políticos com mandato se precipitaram por desconhecimento e falta de assessoria, outros por mero capricho na escolha de partidos com pouca liga, sustância, preparo. E, aí está o grande problema, política não é para amadores. A onda Bolsonaro acabou, seguindo o mesmo caminho da onda Lula. Deixar o certo pelo duvidoso, é suicídio político. Vou usar como exemplo, o ex-deputado Maurão de Carvalho, que na opinião deste iniciante errou ao sair do PP ao migrar para o MDB. A saída na época, deveria ter sido para um partido mediano, aí sim! Maurão teria condições de sugerir a “nominata dos sonhos”, o que jamais aconteceu no MDB.

 

Vida Moral e Ética 

Para àqueles que desejam continuar na vida pública é necessário ter pudor e ética, ainda mais se o pretendente, for religioso. Já dizia o primeiro Presidente dos Estados Unidos Abraham Lincoln. “Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todas por todo o tempo”.

 

Falsidade Ideológica

Em tempos modernos o mentiroso tem vida curta, com o avanço da tecnologia, não é fácil segurar uma inverdade por muito tempo. Uso como exemplo à ativista bolsonarista Sara Winter, que afirmava possuir nível superior, o que foi desmentido pela operação que investiga atos antidemocráticos contra o STF. Em algumas instituições em Rondônia já houve esta prática. Quero acreditar que ninguém seria “inocente” o suficiente para repetir este erro, principalmente em instituições sérias como à Câmara de Vereadores de Porto Velho e Assembleia Legislativa de Rondônia.

 

Auxílio Emergencial

O auxílio emergencial criado pela Lei 13.998, de 2020, que está publicada na edição (15/05) do Diário Oficial da União, onde autoriza o pagamento do auxílio para mães menores de 18 anos, vem sendo utilizado por  CPF’s que não precisam, pois, figuram como tendo condições de se sustentarem. A Assembleia Legislativa de Rondônia iniciou processo de investigação para detectar possíveis recebimentos por servidores comissionados.

 

Ausência de Vereadores no combate ao novo Coronavírus

Nos últimos meses o que tenho “visto” e “ouvido” por parte dos vereadores, é um “silêncio” assombroso, uma alienação ao problema de maneira desumana, a insensibilidade chega à ser “gritante” no aspecto de ação efetiva. Não basta discursar, o povo já está sem paciência, com tanta falácia. Haja, faça, e apresente de maneira institucional o seu trabalho, com respeito aos moradores, sem constrangimento.

 

Adiamento das Eleições 2020

O Senado aprovou em 1.º turno, terça-feira (23/06), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/2020, que altera a data das eleições em todo o território nacional deste ano de 4 de outubro para dia 15 de novembro, por causa da pandemia do novo coronavírus. Agora, a proposta precisa ser votada em segundo turno.

 

Prefeitura X Governo

É notória a guerra política que se instalou no Estado de Rondônia em busca de apoio popular. De um lado temos um prefeito “preocupado” com à população. Já na contramão, temos um Governador (Cel. Marcos Rocha – PSL) que segue a linha do presidente Jair Bolsonaro que NÃO APOIA o isolamento social. O Prefeito Hildon Chaves, através da Procuradoria Geral do Município – PGM, entrou na justiça para implementar o “Lockdown” que traduzindo significa “Confinamento”. A Justiça de Rondônia, marcou audiência entre ambas às partes para decidir a questão.

 

Troco

A população está esperando o momento certo para dá o troco. Infelizmente uma minoria ainda vende seu voto, esses são chamados pelos políticos de “mula”, que somente servem para votar, cooptar votos na boca de urna, levando e trazendo. A revolta é grande, em especial para àqueles que perderam algum ente para a covid-19. A doença que Bolsonaro chamou de “gripizinha” ou “resfriadinho”, que continua desafiando os poderes, agora, nos bastidores, sem alarido. O último ato foi dado pela Procuradoria Geral da República – PGR, que solicitou dados sigilosos das operações da PF nos estados do  Rio de Janeiro, Paraná, São Paulo e outros, o que levou a saída de procuradores da Operação Lava-jato.

 

Pulo do Gato

A história que conta o surgimento da expressão diz que uma onça pediu a um gato que lhe ensinasse como saltar e fazer acrobacias. Assim, a onça pensou que o gato não escaparia das suas garras. Mas, quando a onça tentou caçar o gato, ele conseguiu fugir fazendo um salto diferente, que não tinha ensinado a ela. O gato teria dito à onça: você pensa que vou te ensinar o pulo do gato?

Uma eleição, se ganha com propostas, carisma, credibilidade, estrutura, e uma boa equipe. Além de ter em seu  grupo lideranças que de fato possuam prestígio, confiança, junto aos seus representados. O fechamento correto e honesto, é o que ainda funciona. 

Declaração de Imposto de Renda

Caso você não declare o Imposto de Renda seu CPF, ficará em situação irregular. Desta forma você NÃO poderá solicitar empréstimo ou até mesmo prestar concurso público.

Se desejar regularizar a sua situação e já tiver passado do prazo máximo para envio da declaração, você poderá declarar o Imposto de Renda à Receita Federal em atraso. Neste caso, você deverá pagar uma multa de 1% ao mês – sendo no mínimo R$ 165,74 e no máximo de 20% do imposto devido.

 

Por Rosinaldo Pires – Graduando em Gestão Pública e Contabilidade, Técnico em Contabilidade (RO-010247/O), Programador e Administrador de Rede Linux/Windows.

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia