Geral

Prefeitura de Porto Velho trabalha na recuperação das estradas rurais na comunidade Terra Santa

Estão sendo realizados patrolamento e limpeza das laterais para facilitar o escoamento das águas pluviais.

 

Moradores e produtores da comunidade Terra Santa já comemoram o início dos trabalhos de recuperação dos travessões, ramais e linhas rurais que dão acesso à localidade. O trabalho realizado pela Prefeitura de Porto Velho, através Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric), vai atender mais de 20 quilômetros de estradas.

“Estão sendo realizados os serviços de patrolamento e limpeza das laterais nas linhas que atendem a comunidade. Com isso, proporcionamos melhores condições de mobilidade para os moradores e facilidade para o escoamento dos produtos da agricultura familiar”, destacou o secretário Carlos Magno (Semagric).

A Prefeitura atendeu a demanda solicitada diretamente pela Associação dos Agricultores, Chacareiros e Hortifrutigranjeiros da comunidade (ASSGRICTS), que inclusive enviou um croqui (mapa) da região, com o nome de todas as vias a serem contempladas pela Patrulha Mecanizada da Semagric.

Serão recuperadas as linhas Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de Guadalupe, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora Auxiliadora, Nossa Senhora das Graças e Eduardo Valverde, e os travessões São Marcos, São Lucas, São João e São Mateus.

O acesso principal para a Comunidade Terra Santa é pela Estrada 28 de Novembro, também conhecida como Estrada da Penal, sentido ao distrito de São Carlos, depois da região onde estão localizadas as unidades prisionais. Trata-se de um setor chacareiro, onde são cultivados diversos produtos da agricultura familiar.

MAIS TRABALHO

Carlos Magno ressalta que o município de Porto Velho é muito extenso, com cerca de 7 mil quilômetros de estradas rurais para serem atendidos. Por determinação do Prefeito Hildon Chaves, a Semagric trabalha com várias equipes simultaneamente para recuperar as vias, pontes e bueiros. Desta forma, garante o escoamento da produção, o atendimento com transporte escolar e melhores condições de mobilidade para os moradores.

Um dos trabalhos mais recentes foi a limpeza, patrolamento e instalação de manilhas em um trecho do ramal do Zelão, na linha 28 PV8, também no entorno da cidade.

Texto: Augusto Soares
Foto: Semagric


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe um comentário