Prefeitura reforça a importância das doações de sangue em Porto Velho

O objetivo é atrair mais doadores e reforçar a Campanha “Junho Vermelho”

 

Em apoio à Campanha “Junho Vermelho”, coordenada pela Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado (Fhemeron), que busca conscientizar a população rondoniense sobre a importância da doação de sangue, e em alusão ao Dia Mundial do Doador, comemorado em 14 de junho, a gestão municipal atenta para a necessidade das doações de sangue no hemocentro responsável em Porto Velho.

Além de buscar sensibilizar as pessoas sobre o ato de doar, o Junho Vermelho também é uma forma de agradecer a todos os doadores, que já realizaram esse gesto de solidariedade, com o propósito de ajudar a salvar vidas. De acordo com assistente social da Fhemeron, Maria Luíza Pereira, mais de 70 mil doadores estão cadastrados no banco de dados do hemocentro, e menos de 10% desse número não retorna, ou por serem apenas doadores que participam pela primeira vez de campanhas, ou que apresentam alguma complicação em seus exames.

Em contrapartida, ela disse que mais de 50% dos doadores de todo o estado são fidelizados, ou seja, doam cerca de duas a três vezes ao ano. “A importância de ser um doador fidelizado é que aumenta a qualidade do sangue a ser transfundido, pois a frequência de doação é mais saudável, porque estão com os exames em dia”, destaca.

A coordenadora reforça ainda a importância do abastecimento do estoque pela eventual necessidade de urgência de sangue pelos grandes hospitais do estado.

LEI MUNICIPAL

Para promover a sensibilização e a conscientização para a adesão de mais doadores de sangue na capital, o Prefeito Hildon Chaves sancionou a Lei nº 3.030, de 14 de abril de 2023, que institui o “Programa de Incentivo à Doação de Sangue” no município. Conforme a lei, fica instituído o “Dia Municipal do Doador de Sangue”, comemorado anualmente, no dia 10 de maio, e estabelecida a “Semana Municipal de Doação de Sangue” a ser realizada sempre na mesma semana do dia 10 de maio de cada ano.

Com isso, a gestão pública municipal estabelece um calendário de atividades, colaborando na promoção do tema e obtendo um melhor abastecimento de bolsas na Fundação Hemeron de Rondônia (Fhemeron).

ONDE DOAR?

O cidadão que quiser se tornar doador pode fazê-lo nos hemocentros, distribuídos nos municípios de Porto Velho (hemocentro coordenador) e em agências transfusionais de cidades próximas. A doação também pode ser realizada nos mutirões itinerantes, organizados pela Fundação.

REQUISITOS PARA DOAR

A população deve estar ciente dos impedimentos temporários e definitivos antes da coleta:
Estar bem de saúde e alimentado;
Ter entre 16 e 69 anos de idade (16 e 17 anos com autorização dos pais);
Pesar 50 kg ou mais;
Apresentar documento de identificação com foto, emitido por órgão oficial;
Dormir por, pelo menos, oito horas no dia anterior da doação;
Não fumar por, pelo menos, duas horas anteriores ao momento da doação;
Tomar um café da manhã leve;
Homens podem doar até quatro vezes ao ano, em intervalos de 60 dias (dois meses);
Mulheres podem doar até três vezes ao ano, em intervalos de 90 dias (três meses).

Quem desejar fazer a doação, é só se dirigir à Fundação Hemeron de Porto Velho, na rua Benedito de Souza Brito, s/n, Setor Industrial, das 7h15 às 18h, de segunda a sexta-feira, e nos sábados até às 12h, portando documento oficial com foto.

Texto: Daniela Castelo Branco
Foto: SMC


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.