Ação Parlamentar

Reunião especial debate situação do setor leiteiro de Rondônia na Assembleia Legislativa

Proposta pela Comissão de Agricultura da Assembleia, a reunião discutiu momento difícil enfrentado pela cadeia de produção do leite, buscando alternativas para minimizar os efeitos da queda do preço ao produtor

Publicado em 19 de abril de 2021 0

Reunião especial debate situação do setor leiteiro de Rondônia na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (Ale/RO) realizou na manhã desta segunda-feira, 19, uma reunião especial da Comissão de Agricultura para tratar da cadeia produtiva do Leite. A sessão foi presidida pelo Deputado Chiquinho da Emater (PSB) e foi realizada de forma presencial e por videoconferência e teve a participação, além dos deputados estaduais, de representantes do governo do Estado e representantes da cadeia produtiva do leite (produtores e indústria).

De acordo com o propositor do evento deputado Lazinho da Fetagro, (PT), a reunião se faz importante em função da situação caótica enfrentada pelos produtores de leite do Estado, que tiveram o preço do produto entregue aos laticínios reduzido de forma brusca, sem nenhum aviso, o que inviabiliza a atividade, uma vez que o custo da produção é maior que o valor pago atualmente.

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), disse que a reunião é aguardada pelos produtores. “Uma das maiores cobranças que os deputados têm recebido, através de visitas de produtores e das redes sociais. Agricultores estão se mobilizando e cobrando apoio para essa questão, que gera prejuízos em toda a cadeia produtiva do leite, que é parte importante de nossa economia”.

Para Redano, “precisamos encontrar uma alternativa. Sei ser complexo, mas não pode continuar da maneira que está. Precisamos de um caminho, de uma saída, de um equilíbrio, para que quem acorda cedo pra tirar leite, tenha a devida valorização de seu trabalho”.

O deputado Adelino Follador (DEM) disse que essa situação tem afligido todos os agricultores. “Precisamos que as indústrias tratem os produtores de leite como parceiros, que se preocupem mais com quem fornece a matéria-prima. Todos os anos, temos essa situação de prejuízos para os produtores de leite em Rondônia. Em todo o país, houve redução no preço do leite, mas aqui em Rondônia é a maior diminuição e não podemos aceitar”.

De acordo com Follador, “seria importante uma justificativa antes de baixar o preço, numa discussão com produtores e o Governo. O leite hoje está caro de produzir, com o custo dos insumos. Quem produz menos, é ainda mais afetado. Quem produz menos de 200 litros, é discriminado e desrespeitado ainda mais. Temos que criar regras para evitar que isso se repita ano após ano”.

A deputada Cássia Muleta (PODE) afirmou ser uma vergonha o preço que os laticínios estão tentando pagar aos produtores do estado. Ela destacou que entende a importância das empresas para os municípios, gerando emprego e renda para a população, mas que é preciso ter respeito pelos produtores. Cássia lembrou que o problema do setor leiteiro já é uma discussão antiga em Rondônia e que a intenção da Comissão é a de buscar uma solução definitiva para a situação que já se arrasta há mais de 20 anos.

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia