ALE/RO
ALE/RO
COVID-19

Rondônia encaminha mais nove pacientes para tratamento da Covid em hospitais do Rio Grande do Sul

Dos nove pacientes, sete são homens e duas mulheres

Publicado em 29 de janeiro de 2021

Rondônia encaminha mais nove pacientes para tratamento da Covid em hospitais do Rio Grande do Sul

Um avião C-105 do Esquadrão Onça da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou às 21h47 desta quinta-feira (28) da pista da Ala 6 Base Aérea de Porto Velho, transportando nove pacientes com Covid-19 para tratamento nos hospitais das Clínicas e Conceição de Porto Alegre (RS), e Universitário de Canoas. O Governo do Estado de Rondônia, por intermédio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e o Ministério da Saúde (MS) coordenaram a transferência de sete homens e duas mulheres.

De acordo com a Sesau, estava prevista a transferência de 10 pessoas, porém, uma paciente em situação estável não pôde seguir viagem e retornou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Sul. Os nove pacientes estavam internados nas UPAs das zonas Sul e Leste, e em Nova Mamoré, a 280 quilômetros de Porto Velho.

Dois médicos do Hospital de Campanha, uma enfermeira do Hospital Cosme e Damião e três técnicas de enfermagem acompanham os pacientes. O voo da FAB tem a duração de sete horas, com previsão de chegada ao Aeroporto Salgado Filho entre 4h30 e 5h da manhã desta sexta-feira (29).

O voo de quarta-feira (27), o mesmo avião, levou para Porto Alegre outros nove pacientes, dos quais, quatro foram internados em enfermarias do Hospital das Clínicas e outros cinco permaneceram em tratamento no Hospital Conceição. Para receber pacientes de Rondônia esta semana, a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul mobilizou diversas ambulâncias do SAMU e de duas empresas parceiras. Também participam das operações a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Brigada Militar e a Empresa Pública de Transporte e Circulação.

 

Fonte: Secom

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia