Governo Federal

Rondônia tem mais de 7 mil foragidos no cadastro nacional do Ministério da Justiça

Confira os dados

 

De acordo com dados do Ministério da Justiça, Rondônia poissui atualmente 7.662 criminosos no Cadastro de Procurados Nacional. O número representa quase 70% da população carcerária do Estado, em comparação aos dados apresentados pelo Departamento Penitenciário Nacional.  A lista é atualizada sempre que os mandados de prisão da Justiça Rondoniense é atualizado e, por isso, cresce diariamente.

Porto Velho possui quase a metade desses foragidos como ´domicílio criminal´, com 3.579 desses criminosos e a maioria desses mandados são de prisão, e alguns poucos são de internação. Geralmente internação são presos que praticaram crimes hediondos como homicídio, mas não podem responder pelo crime, pois são considerados incapaz, sendo obrigados a cumprir uma sentença de internação, ambulatorial.

Outros desses foragidos estão em cumprimento de pena (execução penal) e outros estão preventivados porque não responderam ao chamamento da Justiça para responder pela acusação de seus crimes. A maioria desses mandados foram expedidos por juízes da 1ª e 2ª. Varas do Júri e respondem pelo crime de homicídio ou tentativa de assassinato. Há também criminosos com envolvimento em pedofilia, Violência Domésica e tráfico de drogas.

O portal do Ministério da Justiça possui o nome de todos os procurados e foragidos discriminados por município, mas infelizmente, não libera as fotografias deles, a não ser que seja para órgãos de segurança pública ou para as justiças do Estado.

O endereço onde conta a lista de todos esses criminosos é https://www.gov.br/mj/pt-br/assuntos/sua-seguranca/operacoes-integradas/procurados.

 

Fonte: Rondoniadinamica.com


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe um comentário