ALE/RO
ALE/RO
Polícia Federal

Seis pontes são destruídas durante operação contra crimes ambientais na terra indígena Karipuna em RO

A ordem deles era destruir também maquinários utilizados por invasores, mas não foram encontrados. Ninguém foi preso.

Publicado em 28 de maio de 2021

Seis pontes são destruídas durante operação contra crimes ambientais na terra indígena Karipuna em RO

As ações da Polícia Federal na Operação Crepitus, que reprime a entrada de invasores na Terra Indígena Karipuna em Rondônia, terminou neste final de semana. Até a quinta-feira (27) pelo menos seis pontes clandestinas foram implodidas na área.

A equipe de comando tático especial da PF de Brasília coordenou as implosões. As pontes foram feitas de maneira improvisada por invasores, para facilitar a entrada de veículos e a saída de madeira retirada ilegalmente da Terra Indígena.

A Operação Crepitus, que em latim significa “explosão”, começou na última segunda-feira, envolveu mais de 80 agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Fundação Nacional do Índio (Funai), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Força Nacional.

A ordem deles era destruir também maquinários utilizados por invasores, mas não foram encontrados. Ninguém foi preso.

G1/RO

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia