INÉRCIA

Silêncio e omissão sobre Lebrão e Geraldo pode complicar vida eleitoral de Jhony Paixão

O fato é que se Paixão permanecer calado sobre Geraldo da Rondônia e Lebrão as coisas podem se complicar para o deputado, que seja complacente aos desmandos cometidos por seus pares.

Publicado em 19 de abril de 2021 0

Presidente do Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de Rondônia, o deputado Jhony Paixão se tornou um nome forte no Centro Politico Administrativo – CPA, após ser colocado como possível candidato à vice de uma possível tentativa de reeleição do governador Marcos Rocha.

Jhony vem decepcionando a frente do Conselho de Ética, já que em sua atual legislatura possui dois colegas de parlamento com graves denúncias de quebra de decoro e sequer se manifestou sobre o tema, mostrando velhas praticas corporativistas, mesmo estando em seu primeiro mandato.

Nas mãos de Jhony estão as representações contra os deputados, José Lebrão e Geraldo da Rondônia. O primeiro foi filmado pela Polícia Federal colocando dinheiro de corrupção dentro de uma sacola, já o segundo vem promovendo uma sequência de fatos bizarros, se utilizando do poder de deputado para agredir, coagir e humilhar cidadãos.

Porém, como se nada estivesse acontecendo Jhony Paixão segue suas articulações politicas. Vale ressaltar que ele perdeu a eleição municipal de 2020, quando tentou ser prefeito da segunda maior cidade do Estado, Ji-Paraná.

Na cidade onde possui maior influência eleitoral, Paixão não foi páreo para o ex-presidente da Câmara de Vereadores, Isaú Fonseca, que responde por diversas denúncias de corrupção e agora vem galgando um pleito ao Executivo Estadual.

O fato é que se Paixão permanecer calado sobre Geraldo da Rondônia e Lebrão as coisas podem se complicar para o deputado, que seja complacente aos desmandos cometidos por seus pares.

JH Notícias

Gostou da notícia? Siga o DEIXA EU TE FALAR  no FacebookInstagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias do Brasil e Rondônia.


HostMídia