Calote

SINDER-RO cobra do Governo do Estado de Rondônia pagamento de Licença Prêmio em Pecúnia para a categoria do DER-RO

Pendências com trabalhadores ocorrem desde gestões passadas

 

O Governo Marcos Rocha está abonando servidores cedidos de outras secretarias de Estado ao Departamento de Estradas e Rodagem e Transportes do Estado de Rondônia DER-RO e deixando trabalhadores essenciais do referido órgão, muitos com problemas de saúde graves, sem receber seus direitos desde 2018.

Diante desta situação, o Sindicato dos Servidores do Departamento de Estradas e Rodagem e Transportes do Estado de Rondônia – SINDER-RO, entidade que representa a categoria dos servidores do DER-RO, na pessoa do presidente, Ramon Sampaio de Jesus, juntamente com o apoio da diretoria da Entidade sindical, vem cobrando incessantemente, o pagamento de Licença Prêmio em Pecúnia para a categoria; O “calote” do Governo com trabalhadores ocorre desde outras gestões passadas.

Segundo o sindicato, até o momento nenhum servidor ligado diretamente a autarquia foi beneficiado, muito deles já adoeceram devido a frustrante espera e outros até faleceram aguardando a boa vontade do Governo do Estado em lhes conceder o pagamento ao direito de licença prêmio em pecúnia, benefício que seria usado por muitos desses trabalhadores para cuidar da própria saúde e também da saúde e bem estar de seus familiares, acometidos de doenças graves, inclusive dentre esses, diversos dependentes, infectados pelo novo coronavírus.

Trabalhadores adoecidos pela espera interminável

Trata-se de uma pendência que tramita desde 2018, período em que o SINDER vem buscando de todas as formas solucionar o problema, mas o Governo “vira a costa” para a categoria e deixa trabalhadores essenciais para o desenvolvimento direto do Estado, passando dificuldades financeiras, principalmente em um momento de crise diante de uma pandemia gravíssima que assola a saúde de tantas famílias. Muitos já estão contagiados pela Covid-19, ou tem seus familiares acometidos não só da terrível doença, mas que também sofrem de outras doenças gravíssimas.

 

Fonte: SINDER-RO


* A Revista Eletrônica DEIXAEUTEFALAR reserva-se o direito de manter integralmente a opinião dos articulistas sem intervenções. No entanto, o conteúdo apresentado na seção "COLUNISTAS" é de inteira responsabilidade de seus autores.

Deixe um comentário